BlogAKI

Finaciamento Coletivo

Como colaborar

O Financiamento Coletivo oferece a qualquer pessoa ou empresa a oportunidade de apoiar projetos de relevância para uma determinada comunidade ou para a sociedade como um tudo, colaborando com pouco.

Para colaborar com um projeto do ComeçAki, é muito simples:

1. Visite a página do projeto. Na lateral direita da página, há uma seção especial para você, chamada “O que eu ganho com isso?”. Nesse espaço, você saberá quais as opções de valores de contribuição e o que ganhará como recompensa por seu apoio ao projeto.

2. Para contribuir, você deverá usar a plataforma de pagamento disponibilizada pelo ComeçAki. Atenção: em hipótese alguma, você poderá enviar dinheiro diretamente ao criador do projeto. Todas as contribuições devem ser feitas por meio dessa plataforma de pagamento.

3. No decorrer do projeto, é dever do criador lhe manter informado sobre o processo de captação, para que você fique tranquilo quanto à idoneidade da iniciativa e a correta destinação da sua contribuição.

4. Todo criador de projeto tem uma meta de arrecadação, em dias e valores. Essa meta está disponível também na página do projeto. Ao final do prazo de captação de recursos, haverá duas situações possíveis:

a) O criador do projeto alcança a meta! Agora, é só esperar ele colocar o projeto em atividade e enviar a sua recompensa.
b) O criador do projeto não alcança a meta de captação de recurso. Agora, você deve aguardar ele estornar a sua doação.

Isso mesmo: se o criador do projeto não alcançar a meta de captação dentro do prazo estipulado, você recebe seu dinheiro de volta.

Para mais informações a respeito, favor consultar nossos termos e condições de uso ou entrar em contato conosco.

Com o ComeçAki, ganha quem empreende, ganha quem colabora

O Financiamento Coletivo inicia uma nova fase na economia, trazendo importantes mudanças: oferece a empresas colaboradoras uma forma de pesquisa de mercado para um novo empreendimento, confere maior independência a pequenos empreendedores, alavanca o incentivo a iniciativas de interesse da sociedade – além do estorno total dos recursos financeiros, caso o projeto não seja viabilizado.

Como você pode ver, com o Financiamento Coletivo, “se a ideia for bem sucedida, todos ganham; se não for, ninguém perde”.

Facebook

Tags

Finaciamento Coletivo

2017 - Começaki   |   Gestão: