BlogAKI

Finaciamento Coletivo

30/06/2012 - 10h00

Você é músico? Saiba como usar o financiamento coletivo a seu favor

Com o sucesso crescente de sites de financiamento coletivo pelo mundo, o crowdfunding está ficando popular entre músicos, promotores de eventos e cineastas como uma forma de angariar fundos para novos projetos.

Com o sucesso crescente de sites de financiamento coletivo pelo mundo, o crowdfunding está ficando popular entre músicos, promotores de eventos e cineastas como uma forma de angariar fundos para novos projetos. O conceito permite que bandas, solistas e empresários peçam contribuições (em dinheiro) aos fãs de uma banda ou artista, por exemplo, para a gravação de um novo álbum, ou para a produção de um clipe musical, ou para a conclusão de uma obra em andamento. Isso poderia representar uma nova abordagem revolucionária para o negócio da música.

Pense no que isso pode significar. É o rompimento com a indústria musical, que decide se determinado artista vai fazer sucesso ou não. Billy Corgan, vocalista da banda Smashing Pumpkins já cantou a bola a esse respeito. Para ele, os fãs devem se engajar mais e lutar por seus artistas para que estes não sejam esquecidos pela indústria fonográfica. Enfim, além de divulgar um projeto (CD, show, clipe, etc), o artista deve oferecer algum tipo de recompensa a quem faz uma doação (CDs, camisetas, assistir à gravação do clipe?), o que gera um engajamento ainda maior.

Embora ainda seja lento entrar para círculos mainstream, o crowdfunding está aproveitando deste popularidade toda como uma bola de neve, e a toda poderosa indústria fonográfica percebe sua legitimidade. De acordo com o jornal The New York Times, projetos na área musical representam a grande maioria dos investimentos realizados nas plataformas de financiamento coletivo.

No entanto, não devemos esperar que todos os projetos de crowdfunding extrapolem expectativas ou, ainda, que representem o fim do  legado da indústria fonográfica. Artistas, quando estiverem planejando a divulgação de sua campanha, sejem honestos com vocês mesmos a respeito do verdadeiro alcance e potencial de seu projeto. O fincanciamento coletivo não é a resposta para músicos passando fome. Pode ser um começo, mas não a resposta imediata. Especialistas aconselham que você estude projetos semelhantes antes de botar a mão na massa.

Enfim, reunimos aqui algumas dicas para ajudá-lo a lançar seu projeto musical. São apenas algumas questões importantes que você não deve passar batido. Financiar um trabalho não é uma corridinha de 400 metros. É uma maratona inteira.

Pesquise projetos semelhantes (bem-sucedidos ou não).
Veja o tipo de recompensa que eles oferecem.
Analise a divulgação feita do projeto (mídias, vídeos, celebridades…).
Coloque no orçamento todo o seu gasto (projeto, recompensas, divulgação).
Conheça seus fãs e saiba onde eles estão (na rua? no facebook? no twitter?).
Seja criativo e estratégico na hora de oferecer recompensas.
A apresentação de seu projeto deve ser sucinta e clara.
Explore as redes sociais e seus amigos pessoais.
Fique próximo às pessoas, respondendo comentários e levando feedback.

 

Fonte: Mashable