BlogAKI

Finaciamento Coletivo

25/05/2012 - 14h23

Billy Corgan quer engajar fãs para que estes invistam em seus artistas e bandas preferidos

Billy Corgan, guitarrista e vocalista da banda Smashing Pumpkins, fala sobre o problema da indústria musical e de como o crowdfunding, a partir do engajamento dos fãs, pode ser uma solução para artistas talentosos bem-sucedidos.

Como guitarrista e co-fundador do Smashing Pumpkins, Billy Corgan estava à frente de um dos movimentos da indústria musical mais importantes dos últimos tempos. E ele não terminou ainda. O Smashing Pumpkins está para lançar um novo álbum, com previsão de estreia para junho deste ano, e Corgan está se dividindo entre a música e a ajudar os artistas a tomarem o controle de suas gravações novamente. Ele quer que músicos talentosos tenham carreiras mais lucrativas e fãs engajados. Ao mesmo tempo, ele está chamando os fãs – que têm um papel mais importante do que nunca no sucesso de um artista – para investir em seus artistas e bandas do coração.

Corgan, que já é um nome bastante controverso, acredita que a indústria musical de hoje é estruturada de uma maneira a impedir que os artistas atinjam o mesmo tipo de sucesso que o Smashing Pumpkins vivenciou. Na verdade, Corgan chega a dizer que sua banda não teria sido tão bem-sucedida se eles fossem lançados nos dias de hoje. O músico disse ainda que as bandas de hoje estão se tornando prostitutas – depois que você fecha contrato, “você é apenas a puta novata”.

Sensacionalismo à parte, o que ele quer dizer é que tanto artistas como fãs precisam assumir a responsabilidade do futuro da música se quiserem mais do que vídeos virais e singles de sucesso. A palavra é engajamento. Isso é relevância sustentável.

Fonte: Mashable