BlogAKI

Finaciamento Coletivo

13/05/2011 - 12h26

Lições de um recordista do Financiamento Coletivo – parte 1

Na onda desta sexta-feira 13, o ComeçAki faz como no clássico filme do mascarado Jason Voorhees e lança posts em sequência. Fique ligado(a), porque vai valer a pena. Prometemos!

Quem acompanha o universo do Financiamento Coletivo (Crowdfunding) certamente já ouviu falar no projeto TikTok + LunaTik. Trata-se de dois produtos que sempre levam alguém – principalmente se esse alguém for um geek – a se perguntar: “por que eu não pensei nisso antes”?

Com o TikTok, você transforma um iPod Nano (de 8GB ou 16GB) num relógio de pulso touchscreen, com várias outras “cositas más”.

Já o LunaTik foi concebido para ser nada menos que “um kit de conversão premium para quem quer fazer de seu Nano um relógio de pulso e o mais novo assunto do momento nas rodinhas de amigos”, de acordo com a visão do responsável pelo projeto, Scott Wilson.

Hospedada pelo site norteamericano Kickstarter, referência mundial em crowdfunding, a iniciativa TikTok+LunaTik foi responsável por um recorde até agora absoluto em captação de recursos por meio de uma plataforma web: do objetivo inicial de US$ 15.000 dólares, estabelecido para desenvolvimento e lançamento dos produtos, foram arrecadados assombrosos US$ 941.718, em apenas 90 dias.

As faixas de contribuição iam de 1 a mais de 500 dólares, sendo que,  a  partir de US$ 25, o apoiador já participava da pré-venda do produto mais simples, o TikTok. De US$ 70 em diante, o contribuinte “estava dentro” da pré-venda de ambos os produtos.  A partir de US$ 500, o apoiador tinha direito a receber uma versão diferenciada do LunaTik, além de mais 5 unidades dos LunaTiks convencionais + 5 dos TikToks.

Os atributos inovadores dos produtos, a presença em uma plataforma de arrecadação bem conceituada e a divulgação cuidadosa do projeto certamente contribuíram para o sucesso estrondoso da iniciativa.

No entanto, a empreitada LunaTik + TikTok foi tudo, menos um projeto de “fundo de quintal” ou amador, como acontece em grande parte das iniciativas lançadas via sites de Financiamento Coletivo.

Nas partes 2 e 3 deste post, vamos trazer algumas considerações sobre quão bem estruturado foi o projeto do “relojão de iPod Nano”, falando sobre alguns de seus fatores-chaves de sucesso. Pegue seu baldinho de pipoca e venha pra frente da tela (ou fique com a tela no colo, se for o caso), que amanhã tem mais!

 

COMENTE AKI! (1)

  1. Idéias inovadoras merecem todo o apoio!

Facebook

Tags

Finaciamento Coletivo

2017 - Começaki   |   Gestão: